Um Curso Técnico Superior Profissional (CTeSP) é uma formação de ensino superior de 2 anos lectivos, não conferente de grau (DL nº 43/2014 de 18 de março) a que correspondem 120 ECTS. O Curso Técnico Superior Profissional (CTeSP) confere um diploma de técnico superior profissional de nível 5 do Quadro Nacional de Qualificações nas áreas de formação que ministra.

 

DESCRIÇÃO

Um CTeSP inclui 3 componentes de formação:

  1. Formação Geral e Científica (até 30%);
  2. Formação Técnica (mínimo de 70%);
  3. Formação em Contexto de Trabalho (Estágio em empresas/organizações publicas e privadas).

A formação Geral e Cientifica e a Formação Técnica desenvolve-se ao longo dos 3 primeiros semestres (1,5 anos lectivos) e no último semestre o aluno é colocado em estágio numa das empresas ou organizações publicas ou privadas com quem temos protocolos assinados para receberem os formandos em formação.

Programa Erasmus +

 

 Os Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP) estão abrangidos pela mobilidade do Programa Erasmus + 

 

 QUEM PODE SER ADMITIDO NUM CTeSP?

  • Alunos com o Ensino Secundário completo (qualquer que seja a via, com ou sem exames nacionais);
  • Alunos do regime "Maiores de 23 Anos de Idade";
  • Alunos com um diploma de um CET (Curso de Especialização Técnológica);
  • Alunos com diplomas de Ensino Superior (reconversão profissional).

RAZÕES PARA ENTRAR NUM CTeSP

  • Dispensa dos exames nacionais para ingresso no Ensino Superior;
  • Estágio garantido em contexto real de trabalho (1 semestre);
  • Cursos de maior empregabilidade;
  • Possibilidade de prosseguimento de estudos para Licenciaturas (com equivalências/creditações).

INGRESSO

  • Os alunos sem os exames nacionais ou com nota inferior a 9,5 valores nos exames nacionais realizam uma prova de ingresso no ISEC Lisboa;
  • Os alunos que se candidatam a um CTeSP no ISEC Lisboa realizam uma entrevista de avaliação.

PROPINA DE FREQUÊNCIA

180€ / mês x 12 meses x 2 anos


APOIOS

Possibilidade de acesso à Ação Social Escolar (após candidatura) nos termos do Despacho nº 5404/2017, do MCTES de 30 de Maio de 2017, publicado no DR II Série nº 118 de 21 de Junho de 2017;
Outros que possam ser atribuídos aos alunos.